segunda-feira, 25 de março de 2013

Destaques

Lêh Elídio
Em destaque nesta edição a jovem Letícia Elídio Santos Silva.  Ela tem 14 anos, cursa o 9º Ano na Escola Estadual Mário Campos e Silva e é filha de Júlia das Dores Elídio e Sandro dos Santos Silva.
Letícia gosta de sair com os amigos, navegar na internet e ler romances. Gosta ainda de ler e escrever poesias. A trilha sonora preferida é o rock, especialmente Legião Urbana, Capital Inicial e Red Hot Chili Peppers. No cinema, a preferência é pela saga Crepúsculo. Aquariana, comemora aniversário no dia 9 de fevereiro e pretende cursar Psicologia.
Bárbara Muniz, Rafaella Barcelos, Mariana Resende e Daniela Viana
Isa Ribeiro e Jeany Cury
Destaques também é publicado semanalmente no jornal Uai.

sábado, 23 de março de 2013

1ª Semana da Água

 Encerramento da 1ª Semana da Água, com grupo de teatro, divulgação dos premiados e entrega dos prêmios do Concurso de desenhos, frases e redações.


quarta-feira, 20 de março de 2013

O ferro e o pássaro

Concurso promovido pelo Estado de Minas revela o bucolismo de dois distritos e demonstra que Minas Gerais é um celeiro de belos cenários que, às vezes, os próprios mineiros desconhecem

Bárbara Fonseca

Desfile de carros de bois em Morro do Ferro

Em sua terceira seletiva, o concurso fotográfico Paisagens Mineiras, iniciativa do Estado de Minas, com patrocínio da Petrobras, traz cenas captadas em lugares perfeitos para quem busca o sossego. De um lado, está Morro do Ferro, distrito de Oliveira, com cerca de três mil de habitantes. De outro, Ipoema (que significa ave que canta),  distrito de Itabira, com seus quatro mil moradores. Distantes 235 quilômetros um do outro, os destinos têm em comum os atributos para desacelerar o corpo e a mente de qualquer um. 

A 32 quilômetros de Oliveira, Morro do Ferro tem suas origens no século 17. Por lá passavam os bandeirantes que cortavam o estado à procura das cobiçadas riquezas minerais. O nome do local é uma referência a sua abundância em minério de ferro, recurso que, há dois anos, vem sendo explorado por uma mineradora. Até há pouco tempo, as ruas e o chão da praça eram feitos de pedras de minério, que foram cobertas por asfalto e cimento. Vale dizer que a intervenção foi polêmica e desagradou a muita gente, como o engajado morador Ildeano Sebastião Silva, que acredita que a obra fez com que “o distrito perdesse o seu ‘RG’.”

Sentar-se à praça, principalmente no fim do dia, é conhecer as características que fazem de Morro do Ferro um típico lugarejo do interior. Crianças brincam livremente, quase não se ouve barulho de carros e moradores se cumprimentam com cordialidade. Dizem até que em Morro do Ferro vive-se mais de cem anos. A tranquilidade local só é abalada em junho, quando o distrito é invadido por centenas de visitantes. É que no dia 24 comemora-se o dia do padroeiro São João Batista, com direito a uma grande festa que começa no dia anterior. 
Imagem captada durante a Festa de São João Batista.
O evento é o destaque do clique de Sidney de Almeida, fotógrafo de Oliveira que obteve quase 60% dos votos na terceira seletiva do concurso. Na imagem estão enquadrados diversos ícones da comemoração. Chama a atenção, por exemplo, brilho do espetáculo pirotécnico, um dos momentos mais aguardados da festa, que ilumina a Igreja de São João Batista. O templo religioso, a propósito, revela um aspecto curioso em sua arquitetura. Há dois anos, um padre, intrigado com os pregos que não paravam nas paredes da paróquia, começou a raspar o reboco. A investigação culminou na descoberta de paredes feitas de pedras encaixadas, agora expostas, que muitos acreditam ser de meados do século 19. 

BANDA Outro atrativo é a Lira Batistana, corporação musical que comemora 121 anos em 2013. A banda foi criada por causa da comemoração e atualmente  se apresenta também em datas como o carnaval e a semana santa. No dia 23 de junho, véspera do dia do padroeiro, a lira é acompanhada por duas cantoras para interpretar composições em latim datadas do século 19. Completa a festa a fogueira montada em frente à igreja, que no último ano chegou a 15 metros. 

Para ter uma boa vista de Morro do Ferro, a melhor opção é subir no alto do Morro da Capelinha. De lá é possível ver outra peculiaridade do distrito, que são as voçorocas. Para explicar o fenômeno natural das enormes erosões que cercam o lugar, uma antiga lenda vem sendo contada por gerações. Dizem que no século 19, um vigário de Oliveira combinou com fazendeiros de Morro do Ferro que celebraria a Missa do Galo no distrito. Contudo, um temporal caiu na véspera e uma enchente impediu que o religioso chegasse a seu destino. 

Como resposta à falha do vigário, um dos fazendeiros mandou dar uma surra no pobre coitado, que, para não deixar barato, rogou uma grande praga no lugar. Em alto e bom som, disse que o distrito jamais conseguiria crescer. No outro dia surgiram as voçorocas. Pelo menos é o que contam. Para saber outras lendas e curiosidades não só do Morro do Ferro, mas também de Oliveira, o visitante pode percorrer o patrimônio arquitetônico da cidade, concentrado nos arredores da Praça 15 de Novembro. Destaque para a Matriz de Nossa Senhora de Oliveira (erguida entre 1754 e 1758) e a Casa da Cultura Carlos Chagas, montada em casarão de 1884, cujo nome reverencia o ilustre cientista filho da cidade. 
Vista de Morro do Ferro
Publicado no caderno de Turismo do jornal Estado de Minas em 26 de fevereiro de 2013.

terça-feira, 19 de março de 2013

1ª Semana da Água


Palestra com Demóstenes Romano durante a 1ª Semana da Água.
Tema: Um jeito diferente de ver, sentir e cuidar da Água.







Concurso Paisagens Mineiras revela a magia do interior de Minas

Terceira seletiva de concurso fotográfico promovido pelo EM revela imagens de bucólicos distritos de Oliveira e de Itabira. Os dois vencedores da etapa vão disputar a final em abril

Bárbara Fonseca - Estado de Minas
REPRODUÇÃO / FOTOS: MÁRIO MARTINS/ESP.EM/D.A PRESS


A fé e o bucolismo de dois pacatos distritos do estado são os destaques da terceira seletiva do Concurso Paisagens Mineiras, uma iniciativa do Estado de Minas com patrocínio da Petrobras. Com 30.274 dos votos dos internautas, Sidney de Almeida colocou Morro do Ferro, que pertence a Oliveira, no Centro-Oeste de Minas, entre as finalistas. O fotógrafo foi um dos vencedores da primeira seletiva da segunda edição do concurso. Já o estreante Marley Mello apresentou Ipoema, em Itabira, na Região Central, e se classificou com 16.412 votos. 

Fotógrafo por inspiração e incentivo do pai, Sidney de Almeida, de 30 anos, mais uma vez chega à final do Paisagens Mineiras com a imagem de uma igreja de Oliveira, sua terra natal. Na última edição do concurso, ele participou com uma foto da histórica Matriz de Nossa Senhora de Oliveira. Agora, foi a vez da Igreja de São João Batista, em Morro do Ferro, a 32 quilômetros da cidade, encantar os internautas. 

Tirada no dia 24 de junho de 2012, a foto revela a tradição mais importante do lugarejo. Nessa data, comemora-se, com fogueira, fogos e música, o dia do padroeiro, São João Batista. “No início, a minha ideia era fotografar os fogos da estrada, mas não ficou legal. Resolvi entrar no distrito e fazer a imagem mais de perto”, conta Sidney. 

Para garantir seu lugar na final, Sidney mobilizou toda a cidade, com direito a chamada em programa de rádio. Os dias finais da votação ocorreram em pleno carnaval, o que não atrapalhou a alavancada da imagem de Morro do Ferro para o primeiro lugar do pódio. “Fiquei preocupado com isso, mas o pessoal votou mesmo assim. Eu mesmo estava trabalhando, fotografando os blocos de Oliveira. Era um pé no bloco e um pé na foto”, brinca. 

Os vencedores de cada seletiva têm a  chance de contribuir com o desenvolvimento de uma instituição filantrópica e educacional da localidade em que o clique foi feito. Para receber o kit multimídia com computador e impressora oferecido pela organização do concurso, Sidney escolheu a Escola Estadual São João Batista, em Morro do Ferro. “No ano passado fui à escola para fotografar o lançamento de um livro e o pessoal disse que tinha me apoiado na outra edição do Paisagens. Eles me pediram para mandar uma foto de Morro do Ferro para o concurso”, conta Sidney.

Festa 
O dia da entrega dos equipamentos foi marcado por muita festa. Uma das atrações foi a Lira Batistana, corporação musical com 120 anos que se apresenta na festa do padroeiro e que aparece também no clique de Sidney. “A foto tem uma história, pois mostra tudo o que é importante em nossa festa: a igreja, as bandeirinhas, nossa banda e a fogueira”, destaca o regente da corporação, Antônio Elias Rocha de Azevedo.  Segundo o diretor da escola, Antônio Ananias da Silveira Freitas, o kit multimídia é um presente para a escola, que neste mês comemora 83 anos. Ele explica que o equipamento vai dar suporte na atividade Lendo na Escola, que incentiva os jovens à leitura. A instituição de ensino é a única do distrito e atende a 360 alunos desde a educação infantil ao ensino médio.



Final
Sidney de Almeida e Marley Mello vão precisar de suas torcidas novamente em abril, quando ocorre a grande final do Paisagens Mineiras. Suas fotos vão disputar a preferência do público ao lado dos vencedores das outras três seletivas. Já estão classificados os cliques de Rodrigo Melo (Carmo do Cajuru), Sandro Fernandes (Japaraíba), Sanderson Pereira (Itinga) e Ricky Mazzinchy (Pampulha). 
Para participar da última seletiva, as fotos devem ser inscritas até o próximo dia 6. Podem concorrer fotógrafos profissionais e amadores, com imagens que destaquem cenas de cidades históricas, natureza, cultura e artesanato, paisagens urbanas e cozinha mineira. As fotografias devem ser enviadas para o site do concurso (www.paisagensmineiras.com.br). O vencedor leva para casa uma câmera profissional Canon EOS 5D Mark II. As fotos selecionadas pelo juri vão compor uma revista especial e uma exposição. 


Publicado no jornal Estado de Minas, 23 de fevereiro de 2013, caderno Gerais, página 21

segunda-feira, 18 de março de 2013

1ª Semana da Água

Durante esta semana a Prefeitura, SAAE e Policia Militar do Meio Ambiente realizam a 1ª Semana da Água. As atividades tiveram início na manhã de hoje na estação de tratamento do SAAE. Houve visita a estação e mostra de setores, além de apresentação de grupo de dança da Escola São João Batista, de Morro do Ferro, com tema relacionado a água e meio ambiente.
Para hoje estão programadas atividades na Escola Walfrido dos Mares Guia, apresentação de filme e entregas de trabalhos realizados pelos alunos para a comissão julgadora.
Amanhã, haverá atividades na Escola Desembargador Continentino, Maria Loreto Santos e Carlos Pinheiro Chagas. À partir das 19:00 horas na Casa de Cultura havera paletra com Demóstenes Romano.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...