sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Paisagens em Oliveira

     Depois de uma bela foto e da seleção dela para compor um panorama sobre Minas Gerais, coisa que me surpreendeu foi a adesão da cidade, amigos, conhecidos e desconhecidos na votação. Quase vinte mil votos fizeram da imagem “Luzes de Oliveira” a segunda mais votada na seletiva. Claro que o papai coruja acha sua foto a mais bonita de todas, que ela merecia todos os votos, etc... mas esse assunto é para outra hora. O papo hoje é a visita da equipe ao nosso município.
“o trabalho do fotógrafo é na maioria das vezes solitário, de garimpar a imagem, de encontrar uma luz, brilho, reflexo...”
     No ato de inscrição das imagens, a organização já solicita a indicação de uma entidade do municipio em que a foto foi feita. A paisagem sendo finalista, a entidade recebe a doação de um computador. Naquela manhã de sábado, quem chegou primeiro foi a equipe da TV Alterosa. Ao contrário da reporter sisuda que assistimos na TV e que eu estava esperando, uma agitada e simpatica Lili foi a primeira a se apresentar. Ainda bem viu: sou um sujeito de bastidores e essa idéia de passar para a frente da camera era a parte que me deixava intrigado. Na ocasião estava acontecendo na Casa da Cultura uma exposição de fotos minhas feitas no Congado e começamos a gravar ali. De ruim a bom eu acho que fui péssimo na explanação, mas tá valendo – afinal, o importante é que seja divertido. Gravamos em alguns outros pontos e mais tarde chegava a equipe do jornal Estado de Minas e Alterosa Cine Vídeo. E tome mais gravações, entrevista com a Bárbara Fonseca, mais imagens e por fim este fotógrafo que vos escreve estava fazendo poses para o fotógrafo Leandro Couri. O mestre faz fotos maravilhosas Minas Gerais afora e neste dia estava aqui clicando nossa cidade e nosso Congado. Não ganhei nenhuma das fotos feitas por ele, mas fui agraciado com um memorável workshop de fotografia (valeu!). Ao cair da noite, fomos simular a foto premiada no sexto andar do Shopping XV. Foi peculiar ver a equipe toda disputando um espacinho naquela janela – a mesma de outra tarde, de onde eu observava e fotografava sozinho. É engraçado: o trabalho do fotógrafo é na maioria das vezes solitário, de garimpar a imagem, de encontrar uma luz, brilho, reflexo, sozinho com sua bagagem cultural e experiencias anteriores e naquela hora, todo mundo observando aquele oficio. Foi um momento singular.
     Na manhã de domingo visitamos a APAE de Oliveira, instituição indicada por mim para receber o prêmio oferecido pela organização. Foi uma festa! A satisfação de ser reconhecido no trabalho é maravilhosa e equivale a satisfação de poder ajudar de alguma forma as pessoas que precisam. Foi uma manhã inesquecível, a qual agradeço a todos que permitiram que acontecesse. A equipe seguiu viagem para a outra cidade classificada e deixou aqui alegria e satisfação para este fotógrafo, para a instituição APAE, e para a aniversariante Oliveira, que recebeu merecido destaque nos seus 150 Anos. Em janeiro tem mais e, espero, com excelentes notícias. Continua...

Agradeço muito aos amigos que participaram, ajudaram e votaram na primeira seletiva do concurso. Em janeiro é a grande final, e conto com o apoio de todos novamente. 
Obrigado!!!

Sidney de Almeida, 05 de novembro de 2011.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...