sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Admirável tecnologia

    O domingo amanheceu nublado, com uma temperatura agradável, daquelas que convidam a continuar quietinho na cama. Não resisto ao convite e resolvo escrever daqui mesmo. Na mala ao alcance das mãos um computador completo, avançado e ainda assim portátil está à disposição. Dentro dele, num cartão de memória, já tenho o jornal da cidade. Posso ler as matérias de um jornal inteiro a partir de um chip minúsculo com capacidade para quatro gigas de informação. Não faz muito tempo o primeiro computador da casa tinha a assombrosa capacidade de um giga de HD! Um avanço! Hoje os telefones celulares mais básicos tem mais que isso de memória. Com um pouco mais de espaço, alguns cartões CF estão ali para serem revisados. São os cartões com os trabalhos fotográficos da noite de ontem. São muitas facilidades: houve um tempo em que precisávamos mandar os filmes para revelação e impressão de provas. A cada 36 chapas trocávamos esse dispositivo e aguardávamos ansiosos alguns dias para apreciação da prova dos resultados. Admirável tecnologia! Aprecio agora as fotos feitas a pouco, com total detalhamento e recursos, num computador apoiado no meu colo. Para o clima fica mais agradável resolvo adicionar uma trilha sonora. Aquele mesmo cartão de memória contem uma centena de músicas. Há outra centena aqui nos CD’s e posso ouvi-los todos da forma que preferir neste sistema de som portátil. Opto pelos fones, já que prefiro não incomodar. Tudo muito fácil e acessível.
"Aprecio agora as fotos feitas a pouco, com total detalhamento e recursos, num computador apoiado no meu colo"
    Vivemos neste momento de grandes facilidades e tecnologia. Temos muitos desafios, é verdade, mas me admira algumas reclamações que ouço por ai. Imagine, a um tempo atrás, conversar com som e imagens com um parente que mora em outro Estado ou País. Imagine, com alguns cliques certos, ter na sua tela do Twitter informações selecionadas e precisas daquele especialista de quem você é fã ou acessar um grupo específico de notícias. Tudo segmentado, a sua escolha, bastando para isso apenas escolher! Seu próprio noticiário – personalizado. Com tantas facilidades, possibilidades de comunicação, produtividade, doutorados e mestrados, tanta tecnologia e avanços creio que em pouco tempo esse texto esteja ultrapassado. Ainda bem. Acredito e torço por melhoras e evolução continua. Principalmente torço por um momento de iluminação e aprendizado para esse bicho culto, que apesar de tudo, ainda reclama de tantas coisas: o bicho homem.

Sidney de Almeida, 13 de novembro de 2011.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...